NunoNunes.org

Loading
Entries by year
Entries by month
July
Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat
13
       
Powered by Blosxom
Creative Commons License

A montanha russa

Quem inventou o termo “montanha russa emocional” teve realmente um rasgo de inspiração raro. O termo é perfeito e descreve absolutamente o estado.

E o pior é que quando uma pessoa é apanhada numa dessas não há grande coisa a fazer a não ser agarrar-se ao (pouco) que a consiga prender dentro do carrinho, fechar os olhos e gritar. Gritar até ficar anestesiado.
Depois é só esperar que a viagem termine e rezar a todos os santinhos para não acabar num sítio ainda pior.

Mas o que não se deve fazer, em circunstância alguma, é cair na malvada tentação de acreditar que se pode refazer o que foi irremediavelmente desfeito (ou, pior ainda, tentar fazê-lo). Isso dá direito a uma descida brutal, daquelas em que o estômago fica lá em cima e que parece que nunca mais nos vai apanhar e ainda por cima , como estávamos distraídos a pensar/fazer coisas estúpidas, nem sequer nos agarrámos bem e vamos assim, completamente desamparados, em direcção ao chão.
Nestas alturas a palavra optimista toma um outro significado — estúpido.
E potencialmente, um estúpido esborrachadinho no chão.

Odeio alturas. E não faço a mínima ideia de quanto tempo a viagem dura.

About this entry

Originally written on Jul 13, 2007 @ 09:45
Read article on it's own page (permalink)

The content of this site is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 2.5 License.